Os cuidados de beleza das atrizes de Órfãos da Terra

02/04/2019 | Redação

Em um bate-papo exclusivo para a Cabelos&cia, as estrelas da nova novela das 18h contam os detalhes do que fazem para estar sempre lindas, em forma e com uma pele de arrasar nas telinhas e na vida real

 Anajú Dorigon

“Sou apaixonada por cremes cheirosos e não abro mão de usar um clareador de olheiras. Amo maquiagem, que para mim é uma obra de arte. O olho é a minha parte favorita para ser trabalhada. E sou viciada em batom. Tenho mais de 30, porém, prefiro o lápis labial ao batom porque fixa melhor”.

Júlia Dalavia

“Acredito que a gente é lindo com o que temos. É nisso que precisamos acreditar. Eu me cuido, tenho uma alimentação boa. Não como carne e nem frango há quase dois anos. Sempre vou numa boa dermatologista e limpo a pele para retirar a maquiagem. De exercício, eu sempre fiz balé, mas dei uma parada por conta da novela. Quero ver se volto. Eu tenho uma rotina normal com essa questão de beleza”.

Leona Cavalli

“Eu procuro me exercitar, mas não sou radical com academia. Faço pilates, tai chi chuan e adoro dançar. Basicamente, é isso. E trabalho muito. Ainda arranjo tempo para cuidar da pele e não abro mão do bom filtro solar e uma visita ao dermatologista. A vaidade, para mim, está ligada a você fazer perfeito e isso não quer dizer que você tenha que estar esteticamente bonita”.

Emanuelle Araújo

“Eu tento dormir muito, isso quando dá. E tenho uma ótima alimentação. Por ter intolerância à lactose, cortei algumas coisas da minha vida. E malho, mas não é só por questão de estética, e sim porque o exercício fisco me ajuda a dar uma desestressada. Eu faço treino com um personal que trabalha o método igarashi, que é funcional”.

Paula Burlamaqui

“Eu faço atividade física todos os dias. Atualmente, eu pratico cross fit e o intercalo com ginástica funcional. E, claro, que entro na dieta (risos). Comer pizza e macarrão, não tem como. No dia a dia, é muita salda e uma proteína. E doce nem pensar, só aqueles com 70% de cacau”.

Texto: Márcio Gomes

Edição: Monique Abrantes